Arquivo da tag: Livro sobre Imigração Alemã

Artigos Imigração Alemã

Artigos sobre Imigração Alemã no Rio Grande do Sul/Brasil

Prezados/as,

abaixo relacionamos os artigos sobre Imigração Alemã que publicamos até o presente momento (clique no artigo desejado para maiores informações e download do arquivo):

Qualquer dúvida ou contribuição entre em contato pelo e-mail ademar.fey@gmail.com

Atenciosamente,

Ademar Felipe Fey

  • Pesquisando a família Fey no Rio Grande do Sul
  • Pesquisando a imigração alemã no Brasil no período de 1824-1830

Contato pelo e-mail ademar.fey@gmail.com

Navio Olbers

Navio Olbers

Publicado em 21 de fevereiro de 2019 por ademarfey

O veleiro Olbers partiu do porto de Bremen no dia 26.9.1828 e chegou ao Rio de Janeiro em 17.12.1828. Esta foi a 1a vaigem do Olbers.

Navio veleiro de grande porte, de três mastros, transportou 874 passageiros, com 152 famílias.

Muitos destas famílias e passageiros se radicaram nas colônias alemãs no Rio Grande do Sul.

Do Rio de Janeiro para Porto Alegre os emigrantes vieram por navios costeiros, chegando a grande maioria em março de 1829.

A lista original de passageiros deste navio é desconhecida (provavelmente perdida durante a 2a Grande Guerra Mundial).

Faça o download gratuito do arquivo da lista provisória de passageiros que está sendo construída neste link Lista de Passageiros Provisória Olbers

Consulte os sites nas fontes citadas para ter acesso a relação dos sobrenomes dos passageiros.

Qualquer informação adicional sobre a lista de passageiros deste navio é bem-vinda (ademar.fey@gmail.com).

Fontes:

Postado em 24/07/2017 por Ademar Felipe Fey

Última atualização: 23/12/2017.

Página em construção

Você está autorizado a usar o material desta página desde que cite a fonte.

Veleiro Der Kranich (1a e 2a viagem) – 1825 e 1826

Veleiro Der Kranich (1a e 2a viagem) – 1825 e 1826

A primeira família Fey que veio para o Rio Grande do Sul viajou pelo navio Der Kranich (1a viagem). Este navio chegou no Rio de Janeiro, saindo de Hamburgo, em 15/01/1825.

Em breve iremos publicar um livro referente a este navio, contendo dados da viagem, lista de passageiros (colonos e soldados) e outras informações.

No momento, a lista de passageiros desta primeira viagem do Der Kranich pode ser encontrada no link <http://www.rodrigotrespach.com/wp-content/uploads/2017/01/LISTA-DE-PASSAGEIROS-NO-DER-KRANICH.pdf>, autoria de Rodrigo Trespach.

Já a segunda viagem deste veleiro ocorreu em 1826.

Faça o download gratuito do arquivo da lista provisória de passageiros desta segunda viagem neste link Lista de Passageiros Provisória Der Kranich (2a viagem) – 1826

Se você tiver detalhes da viagem e quiser compartilhar conosco entre em contato.

Grato,

Ademar F. Fey

21/07/2017 atualizado em 10/11/2019

Fontes:

FEY, Ademar Felipe. Imigração Alemã no Brasil: Navios e Passageiros Anos 1824 a 1830. 2a ed. Caxias do Sul: Edição do Autor, 2019.

HUNSCHE, Carlos. O Biênio 1824/25 da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul (Província de São Pedro). 2a ed. Porto Alegre: A Nação/IEL, 1975.

TRESPACH, Rodrigo. Lista de Passageiros do navio Navio Der Kranich, viagem de 1824-25. Disponível em: http://www.rodrigotrespach.com. Acesso em 21/07/2017.

Você está autorizado a usar o material desta página desde que cite a fonte.

Schiff Cäcilia: Mythos/Legende oder Wirklichkeit?

Schiff Cäcilia: Mythos/Legende oder Wirklichkeit?

(German version – Google translator – sorry for any mistake)

In der Studie der deutschen Einwanderung in Rio Grande do Sul/ Brasilien fanden wir von 1824 bis 1840 mehr als 40 Schiffe (Fey).

Unter diesen Schiffen sticht eine Geschichte hervor: die Reise des Schiffes Cäcilia.

Die Fahrt des Schiffes hat in 2017 190 Jahre geworden.

Nach den örtlichen Schriftstellern, die mit der deutschen Auswanderung verbunden waren, verließ das Schiff Cäcilia im Januar 1827 Bremen oder Hamburg mit einer katastrophalen Reise.

Das Schiff hätte während eines Sturms in der Nordsee, England, zwischen dem 12. und 13. Januar dieses Jahres schwere Schäden erlitten.

Das Schiff hätte alle drei Masten verloren und nach einiger Zeit von einem englischen Booten gerettet und in den Hafen von Plymouth oder Falmouth geschleppt, in England.

Mit kleinen Variationen wurde diese Geschichte seit 1924 in mehreren Webseiten und Büchern repliziert, als Vater Amstad sein Buch zum Gedenken an das hundertjährige deutsche Einwanderungsamt in Rio Grande do Sul veröffentlichte.

Von hier aus kamen mehrere Versionen der Reise.

Für einige Schriftsteller verließ das Schiff Bremen für andere aus Hamburg.

In der Version einiger Schriftsteller wurde das Schiff nach Plymouth geschleppt und zweitens zum Hafen von Falmouth.

Immer noch fragen Sie das Datum der Abreise: für einige wäre es im Jahre 1827 und für andere im Jahre 1828.

Vor kurzem erschien eine neue Version, wo es heißt, dass in Wirklichkeit dieses Schiff nicht existiert und der Name wurde geändert, aus irgendeinem unbekannten Grund.

Es ist sicher, dass viele der schiffbrüchigen Seeleute dieses Schiffes, ob sie existierten oder nicht, 1829 nach Brasilien an Bord des James Laing Ship kam (siehe Liste der Passagiere auf der entsprechenden Seite auf der Blog-Homepage).

Diese Blog-Seite versucht, Informationen über diese Reise zu verbreiten, die die deutsche Einwanderung in Rio Grande do Sul markiert hat.

Laden Sie den kostenlosen Artikel über das Schiff Cäcilia in diesen link hoch artigo veleiro Cäcilia

Im Juni 2018 wurde bestätigt, dass das Schiff im Januar 1828 aus Holland segelte und sein Name eigentlich “Helena Maria” war.

In Anbetracht dieser Neuigkeiten habe ich im April 2019 ein Buch über dieses Segelboot veröffentlicht (weitere Details unter dem Link “Sailboat Cäcilia”).

Wenn Sie sich über Berichte von Einwanderern oder Nachkommen bewusst sind, die diese Reise gemacht haben und sich freuen möchten, kontaktieren Sie uns bitte (siehe “Kontakt” -Seite unseres Blogs).

Dankbar!

Ademar F. Fey
Caxias do Sul, 25. Juli 2017

Quellen:

  • FEY, Ademar Felipe. Imigração Alemã no Brasil: Navios e Passageiros Anos 1824 a 1830. Caxias do Sul: Ademar Felipe Fey, 2018.
  • HUETTENBERGER. Heimlich nach Brasilien (A forgotten Palatine emigration to Brazil). Disponível em: <http://www.huettenberger.homepage.t-online.de/FR.htm>. Acesso em 15/05/2017.
  • HUNSCHE, Carlos e ASTOLFI, Maria. O Quadriênio 1827-1830 da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Editora GxW, 2004.
  • ROSA, Gilson Justino da. Imigrantes Alemães (1824-1853). Est: Porto Alegre, 2005.
  • PADRE AMSTAD. Cem Anos de Germanidade no Rio Grande do Sul. Unisinos, São Leopoldo, 1924.
  • FAMÍLIA GAUER. História da Família Gauer.Disponível em: <http://www.familiagauer.com.br/historia_imigracao.htm>. Acesso em 15/05/2017.
  • PAROQUIA MARTIN LUTHER. Imigração No RS e no Brasil. Disponível em: <http://www.mluther.org.br/Imigracao/imigracao.htm>. Acesso em: 15/05/2017.
  • MUNICÍPIO DE DOIS IRMÃOS/RS. História do Município de Dois Irmãos. Disponível em: <http://www.doisirmaos.rs.gov.br/doisirmaos/historia>. Acesso em: 15/05/2017.

Die Verwendung der Daten auf dieser Seite kann erfolgen, sofern die Quelle angegeben ist.

Ursprünglich am 25.07.2017 veröffentlicht.

Letzte Aktualisierung: 06.05.2019.

Navio Cäcilia

Navio Cäcilia

Deutsch Version    English Version    (clique no link para acesso às versões)

No estudo da imigração alemã no Rio Grande do Sul/Brasil encontramos mais de 40 navios no período de 1824 a 1840 (Fey).

Entre estes navios uma história se destaca: a viagem do navio Cäcilia.

A viagem deste navio completou 190 anos neste ano de 2017.

Segundo os escritores gaúchos ligados à emigração alemã, o navio Cäcilia teria partido de Bremen ou Hamburgo em janeiro de 1827, tendo uma viagem desastrada.

O navio teria sofrido sérias avarias durante uma tempestade no Mar do Norte, Inglaterra, entre 12 e 13 de janeiro daquele ano.

O navio teria perdido os três mastros e após algum tempo socorrido por um barco inglês e rebocado até o porto de Plymouth ou Falmouth, na Inglaterra.

Com pequenas variações esta história vem sendo replicada em vários sites e livros desde 1924, quando o Padre Amstad publicou seu livro em comemoração ao centenário da imigração alemã no Rio Grande do Sul.

De lá para cá surgiram várias versões do relato da viagem.

Para alguns escritores o navio partiu de Bremen, para outros de Hamburgo.

Na versão de alguns escritores o navio foi rebocado para Plymouth e segundo outros para o porto de Falmouth.

Ainda alguns questionam a data da saída: para alguns seria em 1827 e para outros em 1828.

Mais recentemente uma nova versão surgiu onde se diz que na realidade este navio não existiu e o se nome foi trocado, por algum motivo desconhecido.

O certo é que muitos dos náufragos deste navio, tenha existido ou não, vieram em 1829 para o Brasil a bordo do Navio James Laing (veja a relação dos passageiros na página correspondente na página inicial do blog).

Esta página do blog busca divulgar informações desta viagem que marcou a imigração alemã no Rio Grande do Sul.

Faça o upload do artigo gratuito que trata do navio Cäcilia neste link artigo veleiro Cäcilia

Em junho de 2018, confirmou-se que o navio partiu da Holanda, em janeiro de 1828 e que seu nome na realidade era “Helena Maria”.

Em face destas novidades, publiquei um livro sobre este veleiro em abril de 2019 (maiores detalhes no link “Veleiro Cäcilia”).

Se você tiver conhecimento de algum relato dos imigrantes ou descendentes que realizaram esta viagem e quiser compartilhar favor entrar em contato (consulte a página “Contato” de nosso blog).

Grato,

Ademar F. Fey
Caxias do Sul, 25 de Julho de 2017

Fontes:

  • FEY, Ademar Felipe. Imigração Alemã no Brasil: Navios e Passageiros Anos 1824 a 1830. Caxias do Sul: Ademar Felipe Fey, 2018.
  • HUETTENBERGER. Heimlich nach Brasilien (A forgotten Palatine emigration to Brazil). Disponível em: <http://www.huettenberger.homepage.t-online.de/FR.htm>. Acesso em 15/05/2017.
  • HUNSCHE, Carlos e ASTOLFI, Maria. O Quadriênio 1827-1830 da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Editora GxW, 2004.
  • ROSA, Gilson Justino da. Imigrantes Alemães (1824-1853). Est: Porto Alegre, 2005.
  • PADRE AMSTAD. Cem Anos de Germanidade no Rio Grande do Sul. Unisinos, São Leopoldo, 1924.
  • FAMÍLIA GAUER. História da Família Gauer.Disponível em: <http://www.familiagauer.com.br/historia_imigracao.htm>. Acesso em 15/05/2017.
  • PAROQUIA MARTIN LUTHER. Imigração No RS e no Brasil. Disponível em: <http://www.mluther.org.br/Imigracao/imigracao.htm>. Acesso em: 15/05/2017.
  • MUNICÍPIO DE DOIS IRMÃOS/RS. História do Município de Dois Irmãos. Disponível em: <http://www.doisirmaos.rs.gov.br/doisirmaos/historia>. Acesso em: 15/05/2017.

Utilização dos dados nesta página pode ser feita desde que citada a fonte.

Última atualização: 06/05/2019.

Navio Helena Maria

Navio Helena Maria

English version   Deutsch Version

Este navio partiu do porto de Texel em Amsterdã/Holanda em 06/01/1828.

Não teve muita sorte pois sofreu sérias avarias no Mar do Norte de 12 a 13 de Janeiro de 1828.

Foi socorrido por um barco inglês e levado para Falmouth (Inglaterra).

O navio não pode mais realizar viagens transatlânticas tendo sido vendido em Falmouth.

Os náufragos ficaram em Falmouth esperando por ajuda por quase um ano.

  • Uma questão permanece: Quais seriam os passageiros originais do Helena and Maria (Helena Maria)?

A tradição oral e escrita da Imigração Alemã no Rio Grande do Sul mencionava este navio como “Cäcilia”.

Mais recentemente uma nova versão surgiu, onde se diz que na realidade este navio “Cäcilia” não existiu e o seu nome foi utilizado por algum motivo desconhecido, pois seu verdadeiro nome era Helena Maria.

O certo é que muitos dos náufragos do Helena Maria (vulgo “Cäcilia”) vieram em 1829 para o Brasil a bordo do Navio James Laing (veja a relação dos passageiros na página correspondente na página inicial do blog).

Durante o ano de 2018 recebemos a confirmação que a maioria dos passageiros do navio denominado “Cäcilia” de fato estava no Helena Maria. Confira maiores informações no artigo gratuito mencionado logo abaixo, na lista de passageiros do Helena Maria e no livro publicado sobre o assunto em 2019.

Faça o download do artigo gratuito que trata do navio Cäcilia neste link.

Faça o download da lista de passageiros do Helena Maria neste link.

Acesse os detalhes do livro que reporta a viagem do Helena Maria neste link

Esta página do blog busca divulgar informações desta viagem que marcou a imigração alemã no Rio Grande do Sul.

Se você tiver conhecimento de algum relato dos imigrantes ou descendentes que realizaram esta viagem e quiser compartilhar favor entrar em contato (consulte a página “Contato” de nosso blog).

Grato,

Ademar Felipe Fey

Caxias do Sul, 28 de Julho de 2017

Fontes:

Última atualização: 21/05/2019

Navio James Laing

Navio James Laing

Lista de emigrantes que vieram no james laing para o Rio de Janeiro no dia 8 de fevereiro de 1829 (Lista provisória sujeita a confirmação e atualização).

Neste navio veio a 2a família Fey para o RGS.

Acesse a lista atualizada dos passageiros deste navio no final desta postagem.

List of emigrants who came in james laing to Rio de Janeiro on February 8, 1829 (provisional list subject to confirmation and update).

On this ship came the 2nd Fey family to the RGS.

Liste der Emigranten, die am 8. Februar 1829 in Rio de Janeiro nach Rame de Janeiro kamen (provisorische Liste vorbehaltlich der Bestätigung und Aktualisierung).

Auf diesem Schiff kam die 2a. Fey Familie zum RGS.

Nr       Sobrenome, nome (chefe da            Qtde de         Destino
Reg.   Família)                                                    Pessoas               

1          Ahrend(s), Jakob    7                   São Leopoldo/RS
2          Alles, Nikolaus 8 São Leopoldo/RS
3          Bauer, Peter                                                1                     Santo Amaro/RS
4          Becker, Jacob                     9  São Leopoldo/RS
5          Boeber, Philippine (Kilian)1                    6                     Santo Amaro/SP
6          Bohnenberger, Abraham                         6      São Leopoldo/RS
7          Breidbach, Matias (Breitenbach)           3                     São Leopoldo/RS
8         Drumm Catharina Gilcher (Trumm)      3   São Leopoldo/RS
9          Feiten, Mathias (Veiten)                            3 São Leopoldo/RS
10        Fritsch, Cornelius   3                     São Leopoldo/RS
11        Fröhner, Jacob                                           3                     São Leopoldo/RS
12       Gallas, Kilian,                                              7                     São Leopoldo/RS
13       Gauer, Nicolaus, kath.                               6  São Leopoldo/RS
14       Haesel, Peter                                               4                     Santo Amaro/SP
15       Haesel, Friedrich/Fischer2    3                     Santo Amaro/SP
16       Helfenstein  Heinrich,                               7   São Leopoldo/RS
17       Hermann, (Hermen)                             5 São Leopoldo/RS
18     Hermann, Johannes (Hermen)               3                     São Leopoldo/RS
19       Holzbach, Nicolaus                                    6                     São Leopoldo/RS
20       Huber, Karl,                                                 8                     São Leopoldo/RS
21       Hammes, Ernst (Hummes)                       6                     São Leopoldo/RS
22       Juchem, Friedrich (Jochem)          9  São Leopoldo/RS
23       Junckmann, Maria Sara                           1                     São Leopoldo/RS
24       Jung, Franz                                                  6                   São Leopoldo/RS
25       Jung, Karl                                                     3                     São Leopoldo/RS
26       Karling, Stephan (Carling)          4   São Leopoldo/RS
27       Keiper, Johann Jacob                                7                     São Leopoldo/RS
28       Keller, Peter                                                6                    São Leopoldo/RS
29       Kirsten, Heinrich (Kisten)                      3                     São Leopoldo/RS
30       Kirsten, Joahnne (Kisten)                        2                   São Leopoldo/RS
31       Knapp, Philipp                                           5                     São Leopoldo/RS
32       Koch, Friedrich/Klein3                             5                     São Leopoldo/RS
33       Kück, Peter (Pedro Kich)                          5                     São Leopoldo/RS        
34       Maderts, Magdalena (vva Andreas)4 4                     São Leopoldo/RS
35       Mannweiler
, Phillips (Manweiler) 4                     São Leopoldo/RS
36       Müller, Nicolaus                  4                     São Leopoldo/RS
37       Müller, Peter                                              7                     São Leopoldo/RS
38       Nedel, Johann Josef                                   7                     São Leopoldo/RS
39       Petry,  Mathias  (Petri)                              3                     São Leopoldo/RS
40       Petry,  Valentin (Petri)                              4                     São Leopoldo/RS
41       Pfeiffer, Johannes                                     6                     Santo Amaro/SP
42       Pfeil, Susanna (vva Fey)5 6      São Leopoldo/RS
43       Pletz, Maria                                                 2                     São Leopoldo/RS
44       Reichert, Mathias                                      5                     São Leopoldo/RS
45       Rieth; Georg Philipp                                  4                     São Leopoldo/RS
46       Robinson, Johann Georg F.                      5                     São Leopoldo/RS
47       Roth,  Karl Leopold                                    10                   São Leopoldo/RS
48       Sander, Adam                                             5                     São Leopoldo/RS
49       Sander,  Jacob/Berlitz6                            5                     São Leopoldo/RS
50       Sausen, Anna M. (vva Peter Sausen)7   4                  São Leopoldo/RS
51 Schettert, Anton                                        5                     São Leopoldo/RS
52       Schmidt, Franz       3   São Leopoldo/RS
53       Schmidt, Peter (Schmitt)        2 São Leopoldo/RS
54 Schmidt, Philipp Jr.             4  São Leopoldo/RS
55       Schmitz, Phillip Senior (A. M. Merges)8 5 São Leopoldo/RS
56       Schneider, Mathias           6                    São Leopoldo/RS
57       Schuch, Peter (schuck)                              5                     São Leopoldo/RS
58       Schunck, Catharina         5                     Santo Amaro/SP
59       Schwindt, Nicolaus (Schwind)   2                     São Leopoldo/RS
60       Spindler, Johannes, 7                     São Leopoldo/RS
61       Theobald, Friedrich/Catharina 4 Santo Amaro/SP
62 Weber, Johannes        2  São Leopoldo/RS
63 Welter, Johannes Jacob (Wetter)            7  São Leopoldo/RS
64       Wentz, Heinrich (Wenz))/Conrad9 4    São Leopoldo/RS
65       Winter, Philipp (vva Hermine Welter) 6                     São Leopoldo/RS

Notas na lista:

  1. Phillipina Boeber, nascida Kilian, emigrou viúva e viveu junto com seu ex-cunhado Daniel Samsel na Colônia de Santo Amaro, após sua irmã, Charlotte, morrer na viagem entre Amsterdam e Rio de Janeiro (local da morte indefinido).
  2. Família Häsel foi separada na partida do Maria Helena (leia o artigo no site de Huettenberger para maiores informações). A esposa de Friedrich Häsel Júnior viajou no Helena Maria. O esposo e o pai dele (Friedrich Häsel Sênior) viajaram para o Rio de Janeiro no navio Alexander.
  3. Incluído sogro Johannes Klein na família de Philipp Knapp.
  4. Magdalena nascida Brauns ficou viúva de Andreas Maderts, provavelmente falecido na viagem para o Rio de Janeiro.
  5. Susanna nascida Pfeil, ficou viúva de Johannes Fey, o qual morreu após chegada no Rio de Janeiro.
  6. Incluída sogra Berlitz na família de Jacob Sander.
  7. Anna Maria usou sobrenome de avôs na sumaca Florinda, “Schmidts”. Nasceu Göbel (Goebel/Gebel). Viúva de Peter Sausen.
  8. Phillipp Schmitz Senior era casado com Anna Maria Merges.
  9. Incluído o Johann Philipp Conrad, cunhado de Heinrich Wentz na família.

Observações:

  • O navio James Laing trouxe os náufragos do navio Helena e Maria (supostamente também do navio Cäcilia, mas não há confirmação até o momento da existência deste último navio).
  • Há divergência em relação aos sobrenomes (grafia) de alguns passageiros entre os vários autores pesquisados.
  • Os sobrenomes entre parênteses é uma possível variação do sobrenome original (negrito).
  • O número de pessoas pode não estar correto devido a possíveis situações ocorridas na viagem.
  • A lista pode estar incompleta (tanto podem faltar passageiros como conter passageiros de outros navios).

Qualquer informação adicional sobre a lista de passageiros e dos navios James Laing, Helen Marie (Helena Maria) e “Cäcilia” (Cecilia) é bem-vinda (ademar.fey(at)gmail.com).

Any further information on the list of passengers and the vessels James Laing, Helen Marie (Helena Maria) and “Cäcilia” (Cecilia) is welcome (ademar.fey(at)gmail.com).

Weitere Informationen über die Passagierliste und die Schiffe James Laing, Helen Marie (Helena Maria) und “Cäcilia” (Cecilia) sind willkommen (ademar.fey(at)gmail.com)

Agradecemos as informações enviadas por pesquisadores sugerindo alterações/correções. Os nomes dos colaboradores não estão citados para manter a privacidade dos mesmos.

Fontes:

  • AMSTAD, Theodor (Padre). Cem Anos de Germanidade no Rio Grande do Sul. Unisinos: São Leopoldo, 1924.
  • FAMÍLIA GAUER. História da Família Gauer. Disponível em: <http://www.familiagauer.com.br/historia_imigracao.htm&gt;. Acesso em: 15/05/2017.
  • HUETTENBERGER, Friedrich. Heimlich nach Brasilien (A forgotten Palatine emigration to Brazil). Disponível em: <http://www.huettenberger.homepage.t-online.de/FR.htm&gt;. Acesso em 15/05/2017.
  • HUNSCHE, Carlos e ASTOLFI, Maria. O Quadriênio 1827-1830 da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Editora GxW, 2004.
  • INSTITUTO MARTIUS STADEN. List of immigrants who came on James Laing on the 19th of February 1829 to Rio. Transcrição do documento. Lista de Friedrich Huettenberger, 2014.
  • MUNICÍPIO DE DOIS IRMÃOS/RS. História do Município de Dois Irmãos. Disponível em: <http://www.doisirmaos.rs.gov.br/doisirmaos/historia/&gt;. Acesso em: 15/05/2017.
  • PAROQUIA MARTIN LUTHER. Imigração no RS e no Brasil. Disponível em: <http://www.mluther.org.br/Imigracao/imigracao.htm. Acesso em 15/05/2017>. Acesso em: 15/05/2017.
  • ROSA, Gilson Justino da. Imigrantes Alemães (1824-1853). Est: Porto Alegre, 2005.

Obras consultadas:

Diversos livros e sites referentes à história do Município de Dois Irmãos, sites das famílias listadas, acervo digital da Biblioteca Nacional do Brasil, registros civis e da igreja de Falmouth/Inglaterra, da Mosella/Hunsrück e do Palatinado na Alemanha.

Autoria:

  • FEY, Ademar Felipe.
    Contato: ademar.fey(at)gmail.com
  • HUETTENBERGER, Friedrich.
    Contato: huettenberger(at)t-online.de

Postado em 25/06/2017 por Ademar Felipe Fey

1ª versão da lista em 03/07/2017.

Atualização: 22/02/2021

Atenção: Faça o donwload da lista atualizada neste link  James Laing

Warning: download the updated list at the link above

Warnung: Laden Sie die aktualisierte Liste unter dem obigen Link herunter

Você está autorizado a usar o material desta página desde que cite a fonte.

Atenção: A lista do James Laing foi atualizada a partir das novas descobertas do navio Helena Maria (“Cäcilia”). Confira as novidades neste link

Veleiro Olbers

Veleiro Olbers

O veleiro Olbers partiu do porto de Bremen no dia 26.9.1828 e chegou ao Rio de Janeiro em 17.12.1828.

Navio veleiro de grande porte, de três mastros, transportou 874 passageiros, com 152 famílias.

Muitos destas famílias e passageiros se radicaram nas colônias alemãs no Rio Grande do Sul.

Do Rio de Janeiro para Porto Alegre os emigrantes vieram por navios costeiros, chegando a grande maioria em março de 1829.

A lista original de passageiros deste navio é desconhecida (provavelmente perdida durante a 2a Grande Guerra Mundial).

Faça o download gratuito do arquivo da lista provisória de passageiros que está sendo construída neste link Lista de Passageiros Provisória Olbers

Consulte os sites nas fontes citadas para ter acesso a relação dos sobrenomes dos passageiros.

Qualquer informação adicional sobre a lista de passageiros deste navio é bem-vinda (ademar.fey@gmail.com).

Fontes:

Postado em 24/07/2017 por Ademar Felipe Fey

Última atualização: 23/12/2017.

Navio Argus

Navio Argus

Publicado em 26 de fevereiro de 2019 por ademarfey

O veleiro Argus partiu do porto de Amsterdã no dia 27.71823 e chegou ao Rio de Janeiro em 13.1.1824.

Foi o primeiro navio a trazer imigrantes alemães no período considerado como o início oficial da Imigração Alemã ao Brasil (1824 a 1830).

Navio veleiro de médio porte, de três mastros, transportou 284 passageiros, entre soldados e colonos.

A maioria dos passageiros que vieram para se tornar colonos se radicou na colônia alemã de Nova Friburgo, no Rio de janeiro.

Do Rio de janeiro para Nova Friburgo os colonos seguiram por via terrestre.

Faça o download gratuito do arquivo da lista provisória de passageiros que está sendo construída neste link Lista de Passageiros Provisória Argus

Em 2020 lançamos um livro sobre este navio que pode ser conferido no link

Consulte os sites nas fontes citadas para ter acesso a relação dos sobrenomes dos passageiros.

Qualquer informação adicional sobre a lista de passageiros deste navio é bem-vinda (ademar.fey@gmail.com).

Fontes:

  • HUNSCHE, Carlos e ASTOLFI, Maria. O Quadriênio 1827-1830 da Imigração e Colonização Alemã no Rio Grande do Sul. Porto Alegre: Editora GxW, 2004.
  • ROSA, Gilson Justino da. Imigrantes Alemães (1824-1853). Est: Porto Alegre, 2005.
  • PADRE AMSTAD. Cem Anos de Germanidade no Rio Grande do Sul. Unisinos, São Leopoldo, 1924.
  • GENEALOGIADAFAMILIASENASENNA. Navio Viagens Passageiros. Disponível em: https://sites.google.com/site/genealogiadafamiliasenasenna/navios-viagens-passageiros. Acesso em: 05/01/2017.
  • PAROQUIA MARTIN LUTHER. Relação Veleiros Transatlânticos & das Famílias. Disponível em: http://www.mluther.org.br/Imigracao/relacao-veleiros.htm. Acesso em: 15/05/2017.
  • FEY, Ademar Felipe. Imigração Alemã no Brasil. Caxias do Sul: Ademar Felipe Fey, 2018,

Postado em 26/02/2019 por Ademar Felipe Fey

Última atualização: 26/12/2020.

Você está autorizado a usar o material desta página desde que cite a fonte.

Deutsche Einwanderung in Brasilien: Schiffe und Passagiere von 1828 bis 1830 2. Auflage 2021

Deutsche Einwanderung in Brasilien: Schiffe und Passagiere von 1828 bis 1830  2. Auflage 2021

(Achtung: mit Google Translator geschrieben!)

2. Auflage 03/2021 216 Seiten.

1 – Zusammenfassung

In diesem Buch werden 16 Segelschiffe behandelt, die in den Jahren 1828 bis 1830 Einwanderer aus Deutschland nach Brasilien brachten.

Diese Ausgabe enthält Aktualisierungen und Korrekturen aller früheren Ausgaben für denselben Zeitraum.

Bei den 16 in diesem Buch behandelten Schiffen handelt es sich zu einem großen Teil um Einwanderer, die in mehrere brasilianische Bundesstaaten in Rio Grande do Sul, São Paulo, Santa Catarina, Pernambuco und Rio de janeiro gereist sind. Sie listen jedoch nach Möglichkeit Passagiere auf, die in andere Bundesstaaten gereist sind.

Grundsätzlich enthält das Buch eine Zusammenfassung mit Angaben zu Schiff, Abfahrts- und Ankunftsort, Abfahrts- und Ankunftsdatum und Passagierliste (falls vorhanden, so vollständig wie möglich) sowie in den meisten Fällen grundlegende Informationen zu Einwanderern.

Klicken Sie auf den gewünschten Link, um weitere Daten abzurufen:

2 – Details zur 1. Auflage

Das Buch enthält ca. 216 Seiten.

Elektronisches Buch (E-Book) im PDF-Format (A4), nicht bearbeitbar und Druck nicht gestattet.

Die gedruckte Version ist auf den Seiten A4 (Brasilien) und Letter (Außen) verfügbar.

Das E-Book umfasst ca. 130 Seiten im A4-Format.

3 – INFORMATIONEN ZUM ERWERB VON BUCH

  • Kauf eines gedruckten Formatbuches (Brasilien). Klicken Sie auf diesen Link
  • Kauf bei Amazon im gedruckten Buchformat (im Ausland). Klicken Sie auf diesen link
  • Kauf im digitalen Buchformat von Amazon (E-Book). Klicken Sie aud diesen link
  • Kaufen Sie eine durchsuchbare E-Book-Version beim Autor (PDF-Seite A4). Befolgen Sie die folgenden Richtlinien.

4 – INFORMATIONEN FÜR DEN ERWERB DER SUCHBAREN E-BOOK-VERSION DIREKT VOM AUTOR

Wir werden den Kauf des E-Books zur Verfügung stellen, das per Bankeinzahlung (Banco do Brasil oder Caixa Federal) durchsucht werden kann, sowie Zahlungen über Paypal und PagSeguro (wir senden eine Benachrichtigung an Ihre E-Mail-Adresse).

Digitaler Buchwert: R$ 39.99 (Brasilianische Währung)

Erwerb: Füllen Sie das Formular dieses Links aus, um die E-Book-Autorenversion zu erwerben

5 – Zusätzliche Informationen

Bei Fragen wenden Sie sich bitte an unsere E-Mail-Adresse (ademar.fey@gmail.com).

Mit freundlichen Grüßen,

Ademar F. Fey

Erforschung der deutschen Auswanderung nach Brasilien und Rio Grande do Sul von 1824 bis 1830
Erforschung der Familie Fey in Rio Grande do Sul